segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Aviso a todos que escalam nos pointes de São Bento do Sapucaí.


Esse fim de semana mais especificamente no domingo, um escalador trouxe seu cachorro com ele para rocha ( No Quilombinho).
Resultado, o cachorro seguiu um outro grupo de escaladores que estava indo até a minha casa, chegando lá o cão resolveu correr atrás dos frangos e dos bezerros que crio no sitio.
É muito decepcionante ter que conviver com esse tipo de escalador!
Deixar o pointe todo preparado vias equipadas tudo perfeito só pra você chegar e escalar, isso é muito bom não é!
Más muita gente ainda não sabe que isso custa dinheiro tempo e dor de cabeça, e por esses e outros motivos o local pode ser fechado ai lá se foi tanto empenho. Por causa de uns todos somos prejudicados.
A propriedade do Quilombinho é do meu tio, Sr. José Willson que mantém no local 15 cabeças de gado.
Agora imagine se seu cachorro corre atrás de um deles e esse bicho cai em um buraco e ainda quebra a perna. Que conta você vai prestar para o dono da propriedade ou pra quem se responsabiliza pelo local de escalada que neste caso sou eu?
Você já se colocou no lugar do dono da propriedade, imagine isso por alguns segundos.
Desde que liberei o local para visitação deixei bem claro em observação junto com o croqui que é proibido animais domésticos no Quilombinho inclusive cachorro. Mas muita gente não se importa com o que pode e o que não pode fazer e sai as segas estragando tudo. Então calma ai meu, o terreno não é seu!
Este aviso também vale para a Pedra da Divisa, que antes do fim do ano no dia 11 de novembro aconteceu o mesmo e o dono da pedra Sr. Dimas ficou bastante irritado com um escalador de São Paulo que também resolveu levar seu cachorro pra causar. O próprio filho do seu Dimas o Janilson me disse com detalhes o que aconteceu e já providenciou uma palca no local alertando (Proibido Cachorro).
Grato.
Pardal.

4 comentários:

  1. É triste ver que essa cena se repete sempre, pessoas que agem como se fossem donos do local e que não conseguem sequer deixar seu cachorro em casa, e o piro não tem sequer noção de convivio e acabam pro prejudicar a todos nós. Lamentavél

    ResponderExcluir
  2. Os proprietários deveriam fazer como em muitos locais no exterior. Fechar e cobrar para uso! Infelizmente, o ser humano só dá valor se "sentir no bolso".

    ResponderExcluir
  3. Pardal, antes mesmo de saber quem é o escalador que levou o tal bicho, se for conhecido meu que me desculpe, mas gostaria de dizer que sou solidário ao seu desabafo e que me sinto envergonhado por tal atitude egoísta (levar o cachorro desrespeitando uma regra básica) ter sido cometida por alguém que pratica o nosso esporte do coração.
    Eu acho que esta pessoa querendo ou não tentou sabotar todo trabalho que você teve e que eu sei como é duro. Lamentável.
    Inacio

    ResponderExcluir
  4. Caro Pardal,

    Antes de mais nada quero dizer que seu desabafo é mais que legítimo...
    O que falta aos escaladores que levam o seu cão de estimação para a base de nossas pedras:--- INFORMAÇÃO ----, vou explicar: A fauna e a flora existente em nossos locais de Escalada são em grande maioria muito frágeis e ao se introduzir um animal que não pertence à aquele ecossistema, involuntáriamente causamos sérios danos... enfim... A única maneira que temos de impedir que casos como esse aconteçam é justamente coibir os proprietários de cães de levá-los aos locais de Escalada. É o que tenho feito por aqui em Andradas-MG.

    Grande abraço,

    Henrique Lima
    Abrigo de Montanha do Velho
    Andradas-MG

    ResponderExcluir